Projeto científico será apresentado durante o 4º Simpósio Científico Internacional CEJAM
Postado em 14 de outubro de 2015

Nem sempre o nascimento de um bebê é tranquilo como os pais esperam, mas muito já vem sendo feito na rede de saúde pública de São Paulo para que, em caso de emergência, o recém-nascido possa ser bem atendido e ter uma recuperação mais humana e rápida. Diante da evolução, a qualidade da UTI neonatal será um dos temas discutidos no 4º Simpósio Científico e Internacional CEJAM, realizado entre os dias 15 e 16 de outubro, em São Paulo. Além de receber especialistas em saúde para palestras, o Simpósio apresentará trabalhos científicos que vêm obtendo sucesso de resultados no meio, entre eles o projeto “A Experiência do uso da Rede em Recém-nascido – A Visão de um Médico Neonatologista”.

De autoria da médica neonatologista Márcia Dias Zani, o projeto relata a adoção de redes para dormir – como aquelas de descanso que são instaladas nas áreas de lazer das casas – para acomodar o recém-nascido na UTI e, assim, dar a ele uma sensação de acolhimento materno para reduzir dores e desconfortos do momento. De acordo com o estudo, a rede tem o poder de envolver o corpo do bebê proporcionando o estímulo do sistema vestibular através da ação da gravidade.

Como resultado, o projeto demonstra que recém-nascidos colocados nas redes apresentaram rapidamente sinais de conforto e os que apresentavam choro foram se acalmando, a maioria até entrar em sono profundo. Os pais que presenciaram seus filhos acomodados em redes expressaram sua alegria por sentirem no método uma forma de dar tranquilidade e aconchego.

Sob o tema “O Caminho da Excelência na Saúde”, o 4º Simpósio Científico e Internacional CEJAM será realizado pela OSS CEJAM (Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim”) tem por objetivo incentivar a produção científica entre os profissionais de saúde e promover discussão sobre os caminhos da saúde no estado. O simpósio será realizado no auditório do Hospital Israelita Albert Einstein e terá entrada gratuita. Lá, convidados nacionais e internacionais debaterão temas como qualidade, inovação e legalidade do modelo de Organizações Sociais.

A programação completa do evento, que inclui nomes importantes do setor, como Dra. Regina Parizi, vice-presidente do Conselho Federal de Medicina, Dr. Claudio Yukio Miyake, presidente do Conselho Regional de Odontologia, Dr. Fernando Proença, superintendente do CEJAM, Professor Dr. Gonzalo Vecina, superintendente do Hospital Sírio Libanês, entre outros, está disponível no aplicativo do evento – disponível para iOS e Android.

Ser Mais Online